quarta-feira, 16 de setembro de 2009

O Cachorro Seresteiro

Ah! As serestas! Aqueles que viveram na mesma época delas, devem lembrar com saudades das mesmas.
Talvez por falta de assuntos, ou as limitações dos nossos pais, não tínhamos muito assuntos para conversar. Daí aproveitavam uma letra que falasse tudo aquilo que eles queriam dizer ás suas amadas e a melodia bem nostálgica, aí nascia as serenatas, principalmente em noites de luar.

Lembro-me, de uma seresta feita para mim a música era "A Deusa da minha rua", bem tocada pelos seresteiros da época. Era uma noite de lua cheia, eles chegaram; Um no violão, outro no Sax e um cantor apaixonado. Os primeiros acordes não tinha coisa mais linda, depois o seresteiro cantou com toda paixão a sua música, quando foi a vez do Sax o cachorro achou de fazer dueto com ele. Mais os uivos eram tão altos, parecendo mais com um lobo. Um momento tão lindo, transformar-se numa coisa cômica, meu pai ria tanto e eu morrendo de raiva, com vontade de dar umas tapas no cachorro, chegou até uma certa altura que não deu mais pra continuar, eles desistiram dizendo: " Rapaz, que mau agouro, estamos fritos, vamos embora."

O Sax é um instrumento que mais admiro, mas todas as vezes que escuto em solo, não deixo de recordar a minha seresta frustrada.
A Deusa da minha rua
música de Newton Teixeira
Letra de Jorge Faraj







6 comentários:

gregus disse...

Muito boa essa estória do cão seresteiro, agora eu também sempre que ouvir um sax vou me lembrar dele... hahaah

O que elas estao lendo!? disse...

Oi, tudo bem?

Sei que você é seguidor/a do blog e gostaríamos de te convidar a fechar este ano conosco com uma resenha sua para o nosso cronograma de fim de ano.
Sim, já estamos trabalhando com as resenhas para o último mês desse ano e os seguidores do blog sao os nossos convidados.

Você poderá fazer uma resenha de algum livro que você já tenha lido; Que tenha gostado ou nao.

Mas antes dá primeiro uma olhadinha no nosso arquivo para nao enviar uma resenha que já tenha sido postada.

http://oqueelasestaolendo.blogspot.com/2008/04/o-que-elas-esto-lendo.html

Obrigada Georgia e Flávia

Jeanne disse...

Amigos, venham conhecer o novo blog que estou inaugurando hoje, o link é:
http://crescerdatrabalho.blogspot.com/

Espero por vocês lá.
Beijos

Jeanne disse...

Desculpem o comentário padronizado, não tenho este costume, mas ainda tenho que linkar muitos amigos no blog novo.
MUITO obrigada pelo carinho e pelo incentivo que vocês deixaram, isto foi muito importante pra mim, de verdade.
Ótimo final de semana, beijos.

Auréola Branca disse...

Tempos bons onde o romantismo não tinha vergonha de se mostrar, onde os homens cortejavam as mulheres com palavras doces e delicadas...

Hoje, luto com meu namorado para conseguirmos manifestar nosso amor. O mundo parece que só gosta de brigas e discursões.

Jardineiro de Plantão disse...

Obrigado, pela visita que realizou até ao meu jardim... os canteiros ficaram mais vistosos com a sua presença... sempre que possível virei visitar as encantadoras páginas do seu blog... a musica de fundo é belíssima.

Em minhas primaveras, também entrei em algumas serenatas...rssss

Abraço