quinta-feira, 7 de junho de 2012

Instantes

Imagem do Google



Se eu pudesse viver novamente a minha vida, na próxima trataria de cometer mais erros.

Não tentaria ser tão perfeito, relaxaria mais.

Seria mais tolo ainda do que tenho sido, na verdade bem poucas coisas levaria a serio.

Seria menos higiênico.

Correria mais riscos, viajaria mais, contemplaria mais entardeceres, subiria mais montanhas, nadaria mais rios.

Iria a mais lugares onde nunca fui, tomaria mais sorvete e menos lentilha, teria mais problemas reais e menos imaginários.

Eu fui uma dessas pessoas que viveu sensata e produtivamente cada minuto da sua vida.

Claro que tive momentos de alegria.

Mas, se pudesse voltar a viver trataria de ter só bons momentos.

Porque, se não sabem, disso é feita a vida, só de momentos, não percas o agora.

Eu era um desses que nunca ia a parte alguma sem um termômetro, uma bolsa de água quente, um guarda chuva e um pára-quedas.

Se voltasse a viver viajaria mais leve.

Se eu pudesse voltar a viver, começaria a andar descalço no começo da primavera e continuaria assim até o fim de outono.

Daria mais voltas na minha rua, contemplaria mais amanheceres, brincaria mais com as crianças, se eu tivesse outra vez uma vida pela frente.

Mas, já viram, tenho 85 anos e sei que estou morrendo.
Jorge Luiz Borges (poeta argentino)
Parte superior do formulário


Parte inferior do formulário
 Paz Celina

6 comentários:

✿ chica disse...

Esse texto é pra se lido, relido e lembrado! beijos,chica e lindo fds!

Luz de Vagalume disse...

Oi Celina,sempre que passo no seu Blog gosto do que leio,hoje encontrei este poema que marcou minha vida desde o primeiro dia que eu li!
Como nós deveriamos viver de forma mais leve e simples curtindo todos os instantes da nossa existencia.
Belíssima escolha!
Um grande abraço de Luz!

Anne Lieri disse...

Gostei da msg,Celina!Tb sou uma pessoa muito certinha,ás vezes!...rss...gostei de tomar mais sorvete e comer menos lentilha!...rss...bjs e meu carinho,

Maria Rodrigues disse...

Minha amiga nostálgico, sentido e lindo. Há que aproveitar ao máximo cada momento que a vida nos vai oferecendo.
Bom restinho de sabado e um excelente domingo.
Beijinhos
Maria

Toninhobira disse...

Sempre que o leio,penso o quanto deixamos para trás em nome de um monte de coisas, que não servem para nada.Por isso mesmo é preciso, que nos permitamos ser um pouco fora do padrão.Permitir ser feliz independente do que possam nos imaginar.
Uma linda semana Celina com alegria e paz no coração.
Carinhoso abraço de minha admiração.
Beijo no coração.

Profª Lourdes disse...

Oi Celina, já estou te seguindo no outro e vim agradecer a tua visita e comentário. Fiquei feliz convido você a participar do meu, se gostou é claro! Seu blog é lindo e você arrasa menina!! Parabéns!!!