quinta-feira, 15 de agosto de 2013

Ajuda.




 
Imagem do Google

AJUDA

Atende ao convite de Cristo e

segue adiante. Ele te levará às almas

sofredoras, a fim de que faças o possível

para aliviar-lhes as dores.



Aos que têm fome de amor e sede

de paz. Aos que precisam de luz

e necessitam de orientação. Aos que,

embora trazendo brilho e cores por fora,

carregam chagas e sombras por dentro.



Aos antros de pobreza material e aos

palacetes que, apesar da beleza exterior,

abrigam conflitos e dramas que a sociedade

desconhece. Diante deles, não critiques

nem acuses. Ajuda! Uma palavra de

esclarecimento; Um gesto de consolo;

Um pedaço de pão ou um simples copo

d`água, oferecidos com amor, representarão

alívio e esperança no caminho de quem

segue sobrecarregado de dores.



Deixa que o Cristo que há em ti fale

pelos teus lábios e socorra pelas tuas mãos.

Mesmo que os espinhos da incompreensão

ter firam os pés e as mãos, não desistas

de ajudar com Jesus. Ele também não

experimentou comodidades no mundo,

mas soube colocar amor ao próximo acima

de todas as conquistas transitórias.



Fazendo assim, estarás inscrevendo na alma,

com os próprios atos, as marcas que te

assinalarão para sempre como verdadeiro

cristão e fiel seguidor do Evangelho.

                                           Sheilla
Abraços Celina



12 comentários:

✿ chica disse...

Linda poesia mensagem que trouxeste.Mais uma vez, compartilhando coisas bem boas! beijos,lindo fds pra t e todos daí! chica

Anete disse...

Celina, SER COMO JESUS é o nosso desafio diário! Imitá-lo no amor, compaixão, mansidão e humildade..., faz parte de uma vida intensa e feliz! Não é mesmo?!

Um Bom Dia! Um Lindo Final de Semana!
Muita PAZ E SAÚDE...
Beijos

Nal Pontes disse...

Oi, Celina, linda poesia. Uma mensagem de paz e amor. Bjsss no coração

LUCONI disse...

Lindo, lindo, lindo, Celina que mensagem maravilhosa, tua casa é iluminada e só posso te agradecer por fazer tão belo trabalho, obrigada, hoje em especial você me fez muito bem, beijos Luconi

Toninho disse...

Pão para quem tem fome e sede de amor e justiça será sempre nosso pedido, nossa esperança para um mundo mais humano e digno de sermos como irmãos.
Lindo demais Celina.
Uma semana de muita alegria e paz.
Um abração amiga.

Anne Lieri disse...

Celina,uma mensagem maravilhosa e grande ensinamento da caridade!Bjs e meu carinho,

Anete disse...

Lembrei de você agora, Celina, e vim deixar um abraço!!!

Tudo de bom! Muita paz, saúde e alegria no coração...................

ONG ALERTA disse...

Muito belo, beijo Lisettte.

Anete disse...

Celina, acabo de ver o seu comentário...
ESTAREI ORANDO, DEUS É GRACIOSO E SOBERANO!!!
ISAÍAS 26.3,4!

O meu abraço...

Anete disse...

Confiemos, Celina, e aguardemos com fé e louvor!
Lembremos que "nenhum fio de cabelo" cai da nossa cabeça sem a permissão do Pai! Ele é Bom e Fiel!!

Respondi também por lá o seu comentário...

Beijos e carinho

Antônio Lídio Gomes disse...

Amiga Celina,
AJUDA, é o que mais precisamos e que tantas almas precisam neste momento.
Não basta criticar, acusar, julgar.
Quem Julga é Deus, mas um exemplo Ele nos deu: AJUDAR aos fracos e necessitados, a caminhar, confiar, crer, se levantar.
(Há ricos pobres, e pobres ricos). no entanto Ele veio para curar todos os males nossos e de outrém.
Um abraço.

Beatriz Bragança disse...

Querida Celina
Muito belo é este poema! Ajuda a reflectir na vida que levámos.
Há tantos pequenos gestos que podem ter um enorme significado na vida daqueles a quem ajudamos.Além disso,estamos a enriquecer o nosso «Livro de Contas» que,um dia,teremos de apresentar a Deus.
Não custa nada ser solidário.
Obrigada pela partilha deste texto, que dá que pensar.
Tenha um ótimo domingo.
Beijinhos da
Beatriz