sábado, 17 de março de 2012

Violência gera violência!

Imagem do Google
“Há muito me convenci de que os homens não apenas se amam nos outros, mas também se odeiam neles”.
                                                                            Goethe

 
Hoje estou muito diferente, quando estou em sofrimento seja pela perda de um ente querido, por doença em família ou mesmo em mim, ou por palavras que magoam, eu me refugio no silencio, parece que a dor dói mais é verdade, a oração e a fé em Deus que tudo passa!

Antigamente era diferente, o meu temperamento era muito explosivo, não levava desaforos para casa. Não tinha paciência, só com crianças e sempre quis ter uma família grande!

Inúmeras vezes passei por situações difíceis defendendo animais, cavalos chicoteados, cachorros mal tratados e crianças também.

Vou ilustrar contando um episodio lamentável. Certa vez estava comprando alguns livros espiritas em uma loja no centro da cidade, quando escutamos uma algazarra acompanhada de gritos de “mata, mata!”. 

Eu fui olhar do que se tratava desobedecendo aos conselhos das senhoras da livraria.Enfrente da livraria tinham dois postes, um grande e um pequeno e um espaço entre eles, cheguei no momento em que eles colocavam a cabeça do rapaz no meio dos postes tentando enforca-lo ou quebrar o seu pescoço. 

Era uma turba de loucos!

Quando eu vi aquilo, aquele horror, eu fui até o moço e mandei que eles o largassem. Eles alegavam que era um ladrão e que iam mata-lo! Eu gritei tanto que os assustei, dizendo: “ninguém toca nele!”. Fui afastando aqueles que estavam mais perto, eles soltaram o rapaz.

O rapaz estava ficando roxo, sem folego, me sentei no meio fio perto dele e disse ninguém vai tocar em você.

Então eu falei para as pessoas que na praça tinha um posto policial e que ficaria com o rapaz até a policia chegar. Era uma cena que chamava atenção de quem passava o rapaz deitado no chão e eu sentada no meio fio perto dele, jamais esqueci aqueles olhos a me fitar, sem falar nada, talvez pensando “sai daquela turba e vou cair na mão da policia!”.

Neste instante se aproximava um dos que estavam na confusão com um soldado da policia, que ao se aproximar me perguntou: “É seu filho?”, eu respondi “Não, é meu irmão!”.

Eles o levaram, os curiosos seguiram junto. Eu voltei à loja para pegar os livros que comprei, as senhoras me deram agua com açúcar e falaram todas ao mesmo tempo” A senhora podia ter morrido!!”.

Estas peripécias o meu marido nunca soube. O que uma religião faz, nos modificando, agindo de forma diferente.

Paz Celina

Ps: Com este Post estou completando duzentas postagens !

18 comentários:

Antônio Lídio Gomes disse...

Ah Amiga!
Esta atitude é uma das mais nobres que já vi.
Você foi corajosa e soube elevar sua alma perante a ira da turba com Amor.
Isto é algo primoroso nos dias de hoje, onde ninguém perdoa ninguém.
Não quero justificar más condutas. Pois para más condutas existe a lei e a ordem, embora falhas, obsoletas e perniciosas.
Mas você se justificou creio eu, perante o Todo Poderoso.
Um fraterno abraço e um beijo em teu coração.

Antônio Lídio Gomes disse...

E parabéns pelas 200 postagens.
Beijos, beijos.

ONG ALERTA disse...

Amiga a vida nos ensina...muito.
Beijo Lisette.

Maria disse...

Minha amiga que gesto corajoso e maravilhoso. Parabéns pelas 200 postagens.
Bom fim de semana
Beijinhos
Maria

SHEYLA - DMULHERES disse...

Celina,querida... bela postagem e parabéns pelas 200, que elas virem 1000!!
Bom domingo muito ensolarado!
beijos

Anne Lieri disse...

Celina,só vc mesmo!Que atitude mais linda,amiga!Um grande ensinamento pra todos nós!Parabens pelas 200 postagens!Adoro suas msgs!Bjs e meu carinho!

✿ chica disse...

Que coragem!!Mas quando vemos injustiças nossa força fica maior,né?/
Parabéns pelas 200 postagens@!!! Acho que estou em quase todas,rss...beijos,linda semana,chica

Sonhadora disse...

Minha querida

A vida nos vai sempre ensinando e nos faz ter mais calma com o passar do tempo.

Um beijinho com carinho
Sonhadora

Toninhobira disse...

Celina que relato fantastico!!!.
Claro que um ato perigoso,mas de quem não tem medo de expor-se perante a violencia em defesa dos principios de defesa e ou justiça.
Coisa de gente que se forma em cada dia da vida.Concordo com voce, que pelo silencio em certos momentos nos dá uma melhor capacidade de reação e assim evitamos as famosas decepçoes com a gente mesma por atos não pensados.
Parabens pela postagem e pelo numero e que assim possamos sempre estar a receber suas belas palavras de sabedoria e incentivos para uma vida mais voltada para o outro.
Meu carinhoso abraço amiga.
Uma bela semana a voce e familia.

Anne Lieri disse...

Celina,eu que agradeço seu carinho e tão gentis comentarios sempre!bjs,

Evanir disse...

Parabéns para nos que tanto carinho temos pelas nossas amizades
quantos vezes mesmo cansados procuramos de alguma forma acarinhar
nossos amigos(AS).
Na verdade ao longo do tempo fez nossa amizade crescer
hoje somos como irmãos .
Uma verdadeira nação de blogueiros unidos no amor.
Um beijo carinhoso pelo nosso dia.
Que muitos anos possamos comerar cada vez mais unido essa Dia.
Carinhos meus.Evanir..

gregus disse...

Parabéns Celina pelas 200 postagens, parece que foi ontem em que tudo começou!

Fantástico relato, reforça a máxima de que "para que o mal triunfe basta que os bons se calem"

um beijo bem carinhoso !

Amapola disse...

Boa tarde, querida amiga Celina.

Nossa...
Menina, que emoção!!
Você poderia ter morrido sim, mas graças à Deus, está nos contando esse episódio maravilhoso.

Atitude é o que faz a diferença!
Parabéns, blogueira do bem.

(Você disse que ele é seu irmão, e é o que somos, todos irmãos).

Como seria bom se todos fossem iguais a você.

Tenha uma linda semana.

Beijos no coração.

Amapola disse...

Boa noite, querida amiga Celina.

Parabéns blogueira do bem!

Menina, que história emocionante...
Você disse que ele é seu irmão, e é o que somos: todos irmãos!

Realmente você correu um grande risco, mas graças à Deus, está nos contando essa maravilha.

Atitude é o que faz a diferença.

Tenha uma linda semana.

Beijos no coração.

Maria disse...

Querida amiga Feliz dia do blogueiro, que os nossos blogs sejam sempre a ponte para divagarmos e a porta para deixar entrar a amizade.
Beijinhos
Maria

Maria Alice Cerqueira disse...

Querida amiga
De todo o coração eu venho o agradecer o carinho e apoio, o qual foi fundamental para que eu chegasse a final da 6º Pena do Ouro, na Ostra Poesia., no Blog da Lindalva.
Mais uma vez venho pedir a voce o seu votinho para a minha poesia.
Sentindo a Vida
Para votar
Clik no link
http://ostra-da-poesia.blogspot.com.br/
Como votar
DIGITE O NOME DA POESIA E O LINK DO SEU BLOG
(é importante deixar o link para seu voto ser validado)
Desde já agradeço de todo o coração a seu apoio e votinho
Tenha um lindo dia coberto de muita paz e alegria
abraço amigo
Maria Alice

Cantinho do Neno disse...

E fico triste de ver tanta violência .Gosto de ler jornais e lá tem muito.Tomara mude isso!beijos do neno

ELAINE disse...

Celina querida! Vc realmente poderia ter morrido mesmo! Mas a fé e o amor ao próximo falaram mais alto! Que exemplo lindo vc foi e é! Grande, saudoso e carinhoso abraço!
Elaine Averbuch Neves
http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com/