quinta-feira, 5 de setembro de 2013

Caridade e Esperança


Lembra-te da esperança para que a tua caridade não se faça incompleta. Darás ao faminto, não somente a côdea de pão que lhe mitigue a fome, mas também o carinho da palavra fraterna, com que se lhe restaurem as energias. 

Não apenas entregarás ao companheiro, abandonado à intempérie, a peça que te sobra ao vestiário opulento, mas agasalhá-lo-ás em teu sorriso espontâneo a fim de que se reerga e prossiga adiante, revigorado e tranqüilo. 

Não olvides a paciência divina com que somos tolerados a cada hora. Qual acontece ao campo da natureza,  em que o Sol mil vezes injuriado pela treva, mil vezes responde com a bênção da luz, dentro de nossa vida, assinalamos a caridade infinita de Deus, refazendo-nos a oportunidade de servir e aprender, resgatar e sublimar todos os dias. 

Não te faças palmatória dos próprios irmãos, aos quais deves a compreensão e a bondade de que recebes as mais elevadas quotas do Céu, na forma de auxílio e misericórdia, em todos os instantes da experiência. 

Não profiras maldição nem espalhes o tóxico da crítica, no obscuro caminho em que jornadeiam amigos menos ditosos, ainda incapazes de libertarem a si mesmos das algemas da ignorância.
Recorda que Jesus nos chamou à senda terrestre para auxiliar e salvar, onde muitos já desertaram da confiança no eterno bem. 

Seja onde for e com quem for, atende à esperança para que o mundo conquiste a vitória a que se destina. 

Aliviar com azedume é alargar a ferida de quem padece e dar com reprimendas é envolver o socorro em repulsivo vinagre de desânimo ou desespero. 

À maneira de raio solar que desce à furna cada manhã, restaurando o império da luz, sem reclamação e sem mágoa, sê igualmente para os que te rodeiam a permanente mensagem do amor que tudo compreende e tudo perdoa, amparando e auxiliando sem descansar, porque somente pela força do amor alcançaremos a luz imperecível da vida.
                                                                                          Meimei 
Abraços, Celina.

11 comentários:

Anne Lieri disse...

Tão bonita msg,Celina!Sem esperança fica dificil prosseguir na caminhada!bjs,

Nal Pontes disse...

Linda mensagem de amor que deve ser praticado no nosso dia a dia só assim teremos dias melhores. Ainda há esperança e isso depende de cada um de nós. bjss

✿ chica disse...

Palavras seguras ,firmes e alentadoras ao mesmo tempo,Celina! Linda mais essa mensagem! Adorei! beijos,chica

Anete disse...

O amor é a base de tudo, não é mesmo?
Boa e bonita mensagem, Celina!
Com fé e esperança vivamos o AMOR!... DEUS É AMOR!!

Com muito carinho...
Abraços

Sonhadora (RosaMaria) disse...

Minha querida Celina

Que linda e doce mensagem de amor e esperança na vida. Adorei como sempre.

Um beijinho com carinho
Sonhadora

Nal Pontes disse...

Oi Celina voltei aqui para dizer que é um prazer te receber no meu cantinho e tmb dizer que é uma alegria ler e conhecer um pouco mais de você e de sua linda família. Eu ainda não tenho netos, por enquanto me delicio com os sobrinhos netos. bjss e um lindo final de semana

Anne Lieri disse...

Celina,cada vez que leio essa msg tem sempre um novo ensinamento!Linda demais!Bjs e ótima semana pra vc,

ONG ALERTA disse...

Cada novo dia uma nova eerança...beijo Lisette

✿ chica disse...

Celina, vim desejar boas melhoras pra ti.Te cuida! Essas gripes estão chatas! beijos,fica bem. chica

Nal Pontes disse...

Oi Celina voitei aqui, vi seu comentário no blog da Chica e que
vc esta gripada. Então vim aqui te desejar melhoras, ta? Fica boa logo. bjsss

Toninho disse...

Um texto para repensar e refazer comportamentos,para uma vida leve voltada para o bem diante do amor incondicional que faz da vida uma imensa família.
Sempre um texto com reflexão.
Que bom Celina estar aqui e fazer este passeio às suas postagens.
Fique bem e que Deus ilumine seus caminhos sempre.
Um abração com carinho.