sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

Minha mensagem de natal


Mais um natal está chegando, ouço músicas no ar, e as pessoas mais tocadas por esta data tão importante são todos aqueles que seguem as pegadas do Cristo, através dos seus exemplos e dos seus ensinamentos.
O que temos para oferecer-lhes além das coisas materiais: Amor nos nossos corações? O perdão das ofensas? A caridade para com aqueles que ainda não te conhecem? Mestre, esses são dignos da nossa compaixão, será que á temos? E essa paz tão almejada por todos, será que é tão difícil consegui-la?
Vos diria que sim, ela está dentro de cada um de nós, não adianta ir buscá-la alhures.
Hoje quero deixar uma mensagem do evangelho para a nossa meditação que é um ensinamento para todos nós.
" A suprema excelência da caridade"
"Ainda que eu falasse a língua dos homens e dos anjos e não tivesse caridade, seria como o metal que soa ou como o sino que tine.
E ainda que tivesse o dom de profecia, conhececesse todos os mistérios e toda a ciência, e ainda que tivesse toda a fé, de maneira tal que transportasse os montes, e não tivesse caridade, nada seria.
E ainda se distribuísse toda a minha fortuna para sustento dos pobres, e ainda que entregasse o meu corpo para ser queimado, e não tivesse caridade, nada disso me aproveitaria.
A caridade é sofredora, é benígna; não é invejosa; a caridade não trata com leviandade, não se ensoberbece.
Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal;
não folga com a injustiça, mas folga com a verdade;
Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.
A caridade nunca falha; mas havendo profecias, serão aniquiladas; havendo línguas, cessarão, havendo ciência desaparecerá;
Porque, em parte, conhecemos e, em parte, profetizamos.
Mas, quando vier o que é perfeito, então o que é, em parte, será aniquilado.
Quando eu era menino, falava como menino, sentia como menino, discorria como menino, mas, logo que cheguei a ser homem, acabei com as coisas de menino.
Porque agora vemos por espelho em enigmas, mas, então veremos face a face, agora conheço em parte, mas então conhecerei como também serei conhecido.
Agora pois, permanece a fé, a esperança e a caridade, estas três; mas a maior destas é a caridade".
1 Cr. 13,1-13.

Com esta mensagem, desejo um feliz natal a todos os amigos e à família, 2009 e um feliz 2010.

3 comentários:

Vera disse...

Belíssima Mensagem!Feliz Natal!Um grande beijo de que muito lhe admira e respeita!

Karl d'Jo Menestrel disse...

Mensagem cheia de luz.
Um Santo Natal, cheio de paz e alegria.

Abraços

ONG ALERTA disse...

Natal, família, troca, amor, imaginação e muita paz no coração.