quinta-feira, 26 de agosto de 2010

A Ingratidão dos Filhos e os Laços de Família

De todas as provas, as mais difíceis são aquelas que afetam o coração; há os que suportam com coragem a miséria e as privações materiais, mas abatem-se sob o peso dos desgostos domésticos,esmagados pela ingratidão dos seus.
Que angústia terrível! Mas o
que pode, nessas situações, reerguer a coragem moral senão o conhecimento das causas do mal e a certeza de que, se há longas discórdias, não há desesperos eternos, porque Deus não quer que a sua criatura sofra para sempre. O que há de mais consolador e mais encorajador do que o pensamento de que depende só de si mesmo,de seus próprios esforços, abreviar seu sofrimento, destruindo em si as causas do mal? Mas, para isso, não se deve estacionar o olhar na Terra e ver apenas uma existência; é preciso elevar-se, planar no infinito do passado e do futuro. Então, a grande justiça de Deus se revelará aos vossos olhos e encarareis a vida com paciência, pois tereis a explicação do que vos parecia como monstruosidades na Terra, e as feridas que recebestes apenas vos parecerão arranhões. Nesse golpe de vista lançado sobre o conjunto, os laços de família aparecem no seu verdadeiro sentido; já não são mais os frágeis laços da matéria que reúnem os seus membros, mas sim os laços duráveis do Espírito,que se perpetuam e se consolidam ao se purificarem, ao invés de se destruírem pelo efeito da reencarnação.
Os Espíritos reúnem-se e formam famílias, induzidos pela identidade de progresso moral, semelhança de gostos e de afeições.
Esses mesmos Espíritos, nas suas migrações terrenas, procuram-se
para se agrupar, como o faziam no espaço, originando-se as famílias
unidas e homogêneas. Se, nas suas peregrinações, ficarem temporariamente separados, mais tarde eles se reencontram, felizes
com seu novo progresso. Entretanto, como não devem trabalhar
apenas para si mesmos, Deus permite que Espíritos menos avançados
venham encarnar entre eles a fim de receberem conselhos e bons
exemplos para progredirem. Causam, por vezes, perturbações no
ambiente, mas é aí que está a prova a executar. Recebei-os como
irmãos; ajudai-os e, mais tarde, no mundo dos Espíritos, a família se
alegrará por ter salvo alguns náufragos, que, por sua vez, poderão
salvar outros.

Trecho retirado do EVANGELHO SEGUNDO O ESPÍRITISMO - CAPÍTULO 14 ,Honrai Vosso Pai e Vossa Mãe,A Ingratidão dos Filhos e os Laços de Família (Santo Agostinho - Paris, 1862)

Paz Celina

8 comentários:

Toninhobira disse...

Confesso nao ser um leitor do Espiritismo,mas com esta sua bela postagem ficou lindo ver e sentir o laço familia,bem como a extensão do sentimento recuperador,pacificador.O que liberta e acende a luz.Bom uma leitura desta neste momento em que assistimos a tantos atos de desamor,que parecem querer destruir a celula mater.Parabens, esta é a parte linda de termos contatos com varias pessoas de diferentes culturas e visões, nos permitir ler e procurar entender o que normalmente nao atinariamos.Meu abraço terno Celina,que possamos ser este elo agregador.Paz e luz.Beijo no seu lindo coração.

Cacá disse...

OLÁ, CELINA! A NOSSA PASSAGEM POR AQUI É MESMO PARA APRENDIZADOS E, ALGUNS MAIS AVANÇADOS PARA ENSINAMENTOS. EU TAMBÉM CREIO NISSO, SENÃO UM POUCO DA EXISTÊNCIA NÃO TERIA SENTIDO. EU TENHO ESSA OBRA, BOM COMO A GÊNESE. MUITO BOM! ABRAÇOS. PAZ E BEM.

Chica disse...

Escolheste um tema muito lindo pra trazer e sempre importaNTE!

uM LINDO FIM DE SEMANA,BEIJOS,TUDO DE BOM,CHICA

Sônia Silvino disse...

Um assunto tão importante: laços familiares. Mas infelizmente as famílias estão muito desestruturadas e muitos filhos perdidos no mundo.
Beijinhos, queriiiida!

ONG ALERTA disse...

Poder ter uma família é a maior conquista desta vida, mas para se construir uma é necessa´rio responsabilidade, filhos não são brincadeira precisam de amor, paz.
Beijo Lisette

Anjo Sedutor disse...

Meu anjo querido!
Tua presença alegra a minha alma de tal forma que não me imagino mais sem ela.
Meu carinho,
teu ANJO!

Cantinho do Neno disse...

Oi Celina , fico feliz que você tenha gostado do meu blog .
Obrigado por me visitar bjs neno

Chica disse...

Celina,vim te agradecer o carinho lá no neno.Criei aquele blog pois ele é muito inspirado e escreve bastante.Também lê muito, mas muito mesmo.Um amor!beijos,obrigado,és um doce,chica