segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Então... é Natal...


O natal já se anuncia, vemos através das luzes a decoração do comércio, em especial os shopping, cada um querendo superar o outro, as músicas alegres que nos emocionam sempre na lembrança de outros natais. Não resta dúvida que é uma data alegre e muito bonita porém cansativa, pois haja compromissos, casamentos, confraternizações… minhas filhas que o digam.

São professoras e no final de ano é comemoração de todo o tipo, duas delas são diretoras, chegam aqui em casa e caem logo no sofá sem coragem para mais nada, organizadas já providenciaram tudo: presentes, lembrancinhas, amigo secreto, confraternizações, etc.

E ainda se não bastasse tem que se cuidar, dar um jeito no visual para se estar bem quando estiver atendendo aos convites que são tantos.

Mas, cadê o aniversariante que quase sempre ninguém lembra? com tantos eventos, ocupações sociais e familiaries… Estais sempre presente em tudo, no pequeno mimo que doamos às famílias, nas campanhas para arrecadar fundos, na doação de brinquedos e alimentos, eu garanto divino amigo que não o esquecemos, quando fizeres o bem a um dos necessitados, estarias fazendo o bem a mim, foi tu que o disseste, abençoa a todos para termos cuidado com o supérfluo.

Termino rogando por todos, principalmente as criancinhas doentes, que o sorriso terno nunca saia de seus semblantes. Dai Jesus um feliz natal para todos n[os que necessitamos muito de vós.

Um Feliz Natal para todos !!!
Paz, Celina.

Imagem : Google Images

7 comentários:

Chica disse...

É verdade!São tantas coisas ,tantos comp´romissos.

Prego a descomplicação do Natal. Viver realmente a simplicidade da data.

beijos,chica

ONG ALERTA disse...

Natal é poder estar com a familia e amigos, beijo Lisette.

Cacá disse...

Por estas e outras que eu gosto de fazer o bem independente de datas, Celina. A gente deixando para o Natal fica sempre um sentimento de remorso, se não conseguimos dar conta de fazer um bem específico. Vejo tanta gente fazendo doações no natal e depois que passa o dia, não gostam nem de ouvir falar em pobre. A minha alegria maior é que é o dia que comemorávamos o aniversário de minha mãe também. Um ótimo e alegre natal para você, toda a sua maravilhosa família.Muita saude, muita paz e muito bem. E que ano que vem estejamos juntos aqui em cada dia que amanhecer ou anoitecer. Abração.

Toninhobira disse...

Quando criança eu sofria com as festas de Natal e assim cresci nao gostando muito desta festa e logo cresci e mais nao gostei.É uma festa desigual,pautada no consumismo.Fartura em algumas mesas e miseria e lagrimas em outras e maioria.Natal desvirtuado atendendo a gula de comerciantes cada vez mais gulosos.Um Natal de paz em que não haja fartura, mas pão em cada lar
deste mundo, para que o homenageado não se sinta tao triste em olhar e ver os abusos executados em sua data.Para voce desde já um Feliz Natal na paz com seus mais queridos juntos.Meu beijo no seu coração de mãe.

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Ele está sempre, porque é. Nunca se ausenta, nem com este burburinho todo que se faz no Natal.
Minha querida Celina, Feliz Natal a si e aos seus.
Beijos!!!
Renata

Sônia Silvino disse...

Celina querida!
Estamos vivendo uma época especial!
Trouxe uma oração de Natal,
pois desejo tudo de bom a você, nestas Festas e sempre!

ORAÇÃO NO NATAL


Jesus, que neste Natal, Seu olhar de luz penetre nossa alma, como a brisa morna da primavera, e acorde a esperança adormecida sob as folhas secas das ilusões, dos medos, da indiferença, do desespero...

Que Seu perfume, suave como a ternura, envolva todo o nosso ser, confortando-nos e despertando a alegria que jaz esquecida por trás das lamúrias e distrações do caminho...

Que o bálsamo do Seu amor acalme as nossas dores, silencie as nossas queixas, socorra a nossa falta de fé.

Que, neste Natal, o calor da Sua bondade se derrame sobre o nosso Espírito e derreta o gelo milenar do egoísmo que nos infelicita e faz infelizes nossos semelhantes...

Que Seu coração generoso afine as cordas da harpa viva que vibra em nossa intimidade, e possamos cantar e dançar, até que o preconceito fuja, envergonhado, e não mais faça morada em nós...

Que o Seu canto de paz seja ouvido por todos os povos, do Oriente e do Ocidente, e as guerras nunca mais sejam possíveis entre a raça humana...

Que, neste Natal, Suas mãos invisíveis e firmes sustentem as nossas, e nos arranquem dos precipícios dos vícios, da ira, dos ódios que tanto nos infelicitam...

Que a água cristalina da Sua misericórdia percorra nossa alma e remova o lodo do ciúme, da inveja, do desejo de vingança, e de tantos outros vermes que nos corroem e nos matam lentamente...

Que o bisturi do Seu afeto extirpe a mágoa que se aloja em nosso íntimo e nos turva as vistas, impedindo-nos de ver as flores ao longo do caminho...

Que, neste Natal, a pureza da Sua amizade faça com que possamos ver apenas as virtudes dos nossos amigos, e os abracemos sem receio, sem defesas, sem prevenções...

Que Seu canto de liberdade ecoe em nós, para que sejamos livres como as falenas que brincam na brisa morna, penetrada pela suavidade da luz solar...

Que o sopro da Sua fé nos impulsione na direção das estrelas que cintilam no firmamento, onde não mais se ouvem gemidos de dor, e onde a felicidade plena já é realidade.

Ensine-nos, Jesus, a amar, a fazer desabrochar em nossa alma esse sol interior que nos fará luz por inteiro...

Ajude-nos a desenvolver o gosto pelo conhecimento, para que possamos encontrar a verdade que nos libertará da ignorância pertinaz...

E, por fim, Jesus, que neste Natal cada ser humano possa sentir a Sua presença sábia e amiga, convidando a todos a uma vida mais feliz...

Tão feliz que Sua mensagem não mais seja um tímido eco repercutindo em almas vacilantes, mas que seja uma grande melodia que vibra o amor em todos os cantos da Terra...

Beijinhos!

Sônia Silvino's Blogs

Maria José disse...

Então é Natal, Celina. Neste Natal vamos multiplicar amor.
Que sejamos portadores de paz.
Que possamos dar afagos, carinho, bálsamos de alívio, força e luz a todos aqueles que necessitam.
Que possamos germinar o amor entre as pessoas, fazendo-os fortes em meio à tempestade.
Neste Natal e em todos os dias de nossas vidas, desejo que a Paz e a Harmonia encontrem moradia em todos os corações. E que o Natal seja mais um momento em que as pessoas acreditem que vale a pena viver um Ano Novo.
Feliz Natal, Feliz 2011.
Beijos.